• (11) 2958 0768
  • antares@antarescontabilidade.com.br

Quanto custa um funcionário para quem é MEI?
Se você quer saber quais são os custos de um MEI para contratação de um funcionário esse artigo é pra você!

Entenda o que é o MEI e os custos de um funcionário:

O que é o MEI
A sigla MEI significa Microempreendedor Individual. O MEI foi criado com o objetivo de facilitar a formalização de algumas atividades econômicas.

Desde 2009, é possível que uma pessoa abra uma empresa, obtenha um CNPJ e emita notas fiscais com facilidade, evitando diversos processos burocráticos, a necessidade de um contador e livro-caixa, além do pagamento simplificado (e mais barato) dos impostos.

Para se enquadrar na categoria de MEI, a pessoa não pode ter faturamento maior do que R$ 81 mil por ano e só pode contratar apenas um funcionário. Caso o faturamento seja superior a esse valor, o MEI será convertido em micro, pequena, média ou grande empresa, dependendo do valor faturado no ano, e terá que pagar os impostos equivalentes, conforme artigo 18-A da Lei Complementar 123/2006.

Qual o custo de um funcionário para quem é MEI
O MEI pode contratar até 1 empregado com remuneração de um salário mínimo ou piso salarial da categoria, que pode ser consultada no portal do empreendedor.

Os impostos que o empregador deverá recolher são:

  • 11% de INSS (3% de responsabilidade do empregador e 8% é descontado do empregado)
  • 8% de FGTS (responsabilidade total do empregador)

O MEI que contrata funcionário também é obrigado a cumprir diversas obrigações acessórias, como a GFIP, RAIS, eSocial, etc.

É importante ficar ligado para não incorrer em multas trabalhistas. Na dúvida, consulte um profissional da contabilidade para te auxiliar nos procedimentos.

Com informações Narciso Contabilidade | 11/05/2020.